quarta-feira, 11 de maio de 2011

Sonâmbulo



Feche os olhos para a noite que está caindo
Enquanto os inocentes dormem o sono dos justos
Você esta num sonho além do mundo real
Caminhando em seu inconsciente mais profundo

No sussurro da noite seus passos lentos parecem afundar.
Em águas de um lago negro que te puxam para baixo
Ouvindo o riso em uma névoa de devaneio
Em busca de encontrar o seu caminho para casa

Enquanto você dorme seus instintos se tornam aguçados
Em qualquer lugar que você vá esta noite
Continua caindo em águas negras e profundas
Não pode se mexer...Não pode respirar...

Quando a noite esta caindo e os inocentes estão dormindo
Você precisa parar de caminhar enquanto dorme
Em qualquer lugar que seus passos te levem...
Você continua se debatendo entre os lençois no meio da escuridão.

Não caminhe mais...Não se afunde mais
Espere que um beijo te liberte..
Faça seu coração bater novamente
Acorde...


5 comentários:

  1. Lindo, singelo e delicado!

    Adorei!!

    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  2. Que deliciosas palavras!
    Gostei! :)

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado querida,
    um beijo *

    ResponderExcluir
  4. Essa minha sobrinha me encanta sempre com sua delicadeza e imaginação...
    Mais um lindo texto pra gente se deliciar.

    ResponderExcluir
  5. Silmara Gostei muito dos teus poemas, simplicidade com profundidade, lindos mesmo.
    Beijos
    Zelia

    ResponderExcluir

Comente aqui.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...